TRIX STUDIOS

É A LEI
CONVENIÊNCIA
Sananda
Muitas Moradas
Espaço
Crianças
Portal 11:11
NATUREZA
Guestbook
Contact
MEDO
NASCIMENTO
Luz
ASCENSÃO
HILARION
PORTAL 12:12
A PROFECIA HOPI
FENG SHUI
UM CURSO EM MILAGRES
MÃE MARIA
ASHTAR SHERAN
SILÊNCIO
RESSUREIÇÃO
NÃO EXISTE...
MESTRE KUTHUMI
PLENITUDE
MESTRE JESUS
OS KAHUNAS
LIBERDADE
DESAFIOS
INVOCAÇÕES
DIVALDO P. FRANCO
HERMÓGENES
FARDOS
SIRIUS 23
REGISTROS AKASHICOS
PRECONCEITO
VIAGEM INTERIOR
EMOCIONAL
ARCO-ÍRIS
ASHTAR ATHENA
O VAZIO
SEKHMET
ALQUIMIA
SUSTENTO
ANIMAIS DE PODER
SOMOS INVISÍVEIS?
AMOR INCONDICIONAL
RETORNANDO À UNIDADE
OS OUTROS
BOMBA BIÓTICA


INICIAÇÃO À ASCENSÃO

VANDA NUNES

druid art
Uma iniciação significa, como sugere a palavra, iniciar um caminho. Tomar ou receber uma iniciação, significa receber o mérito pela conclusão de uma determinada lição, e imediatamente receber uma lição mais avançada. Concluída esta lição, recebemos outras lições ainda mais avançadas. Assim se dá o processo de evolução com o ser humano. Ele evolui através de estágios, e em cada um destes estágios, ele aprenderá a dominar um conjunto de aspectos que, reunidos, lhe facultam o aprendizado de conhecimentos superiores. Iremos destacar para a sua reflexão, três aspectos básicos que devem ser dominados pelo discípulo através da consciência e da vivência diária.

      Poder = Conhecimento / Amor =            Altruísmo / Sabedoria = Inteligência 

O poder está relacionado ao conhecimento. 
O que é realmente o poder? Quem é de fato um ser poderoso? Poderoso é aquele que conhece a si mesmo. É aquele que domina a si mesmo, que tem poder sobre si mesmo. O poder sobre outras pessoas é um poder ilusório, pois de fato ele não existe. O verdadeiro poder está em conhecer a si mesmo. Conhecer as próprias emoções, pensamentos, sentimentos, erros e imperfeições. 

Poderoso é aquele que sabe quão imperfeito é, e quão perfeito ele pode vir a se tornar

Também nos disse, certa vez,
Paramahansa Yogananda: "Um santo é um pecador que nunca desistiu ". Existe muita sabedoria nesta frase, se você refletir em toda a sua profundidade. A idéia geral que você, como também todo discípulo da luz precisa reconhecer, é que o mais importante de tudo é que você se torne um ser consciente. Seja consciente dos seus próprios erros, busque corrigi-los, tendo paciência, e jamais julgando a si mesmo – pois quem julga não é Deus, mas sim o próprio ego. Observe-se, portanto, sempre pelos olhos de Deus, e nunca pelas suas próprias limitações.
O amor está relacionado ao altruísmo. Quem é realmente uma pessoa amorosa? Qual é o verdadeiro conceito de amor? O amor está presente, acima de tudo, no coração de todos aqueles que amam a si mesmos. Aprenda a amar a si mesmo. Não mais, porém, do que aos outros – mas de forma igual. 

Veja a si mesmo como uma parte de Deus igual às outras partes, que são as outras pessoas, e ame a todos sem distinções

O auto-conhecimento abre espaço para o amor próprio, pois, em se tendo conhecimento de quem você é, você saberá a que atribuir o seu amor, pois em essência você é Deus, e
o amor de Deus é infinito. Sua própria essência é feita de amor. Sua vida foi concebida por Deus na eternidade do universo, por um gesto de amor de nosso Pai Criador.

A sabedoria está relacionada à inteligência. Quem é realmente um sábio? Qual é o verdadeiro conceito de sabedoria? Sábio é aquele que se conhece e, em se conhecendo, ama a si mesmo e, amando a si mesmo, poderá amar aos outros. O sábio é aquele que ama de forma consciente – conhecedor, sobretudo, do princípio do amor sob vontade. Ele não somente ama, porém, sabe como amar. O homem sábio é aquele que conhece os caminhos do amor. Ele sabe como utilizar a sua inteligência a serviço de Deus, portanto, ama de forma inteligente. A sabedoria é subproduto do poder e do amor, duas qualidades fundamentais do desenvolvimento da ascensão.

Para que se torne um Mestre Ascenso, você há de compreender todos estes princípios. Estes elementos representam a Chama Trina do Poder, do Amor e da Sabedoria. O perfeito desenvolvimento destas virtudes, bem como a sua aplicação prática na vida cotidiana e a conseqüente integração e equilíbrio das mesmas, irá torná-lo cada vez mais próximo do amor divino e de sua própria realização em todos os aspectos.

Como você pode perceber, e de uma forma bastante resumida, o caminho para a ascensão exige um imenso comprometimento com o caminho espiritual. Se não existe uma aplicação determinada e um profundo desejo de se alcançar a realização divina, mais lento se torna o desenvolvimento do processo de ascensão. Todos os seres humanos, por outro lado, possuem o seu ritmo próprio e cada um, a seu tempo, despertará para a necessidade de acelerar a própria evolução.
AS SETE INICIAÇÕES DA ASCENSÃO  
Ajna Chakra-5x-Deb 
1. Conhecer os princípios da matéria, dominá-los e superá-los conscientemente . A primeira iniciação é recebida no momento do nascimento da vida física. A lição básica da primeira iniciação, está relcionada a compreender a vida humana como deve ser vivida, de uma forma saudável e equilibrada. Todos os vícios negativos são abandonados. A adaptação completa ao meio físico é também um pré-requisito fundamental, para a conclusão da primeira iniciação.
 
2. Eliminação do desejo material, assimilação dos princípios de causa e efeito, reconhecimento do sentimento divino dentro de si, discernimento básico da visão da essência espiritual e material. O recebimento da segunda iniciação é marcada pela fusão com o corpo astral ou emocional. Neste nível, o iniciado passa a controlar melhor as suas próprias emoções e começa a abandonar, pouco a pouco, muitos vínculos materiais que não mais servirão para o seu futuro desenvolvimento ascensional. Nesta fase, uma maior consciência da responsabilidade com o caminho espiritual começa a surgir, bem como o despertar para a necessidade de sentir, intuir e ouvir a voz interior, desligando-se assim de tradições, regras e tabus impostos pela sociedade, que antes influenciavam todos os atos e pensamentos de sua vida.
 
3. Reconhecimento gradativo da presença do Eu Superior, e da voz do Eu Superior falando através da consciência. Domínio completo sobre as leis de formação de pensamentos construtivos e destrutivos. Domínio completo sobre as leis da mente. Necessidade de edificação de bases crísticas na vida cotidiana, nos pensamentos, atitudes, e na forma de conduzir a missão que foi proposta à alma, na atual jornada . É na terceira iniciação que ocorre a fusão com o corpo mental, o que explica de certa forma porque ocorre um maior desenvolvimento do potencial mental. A tendência é que a freqüência cerebral aumente consideravelmente. Os pensamentos tornam-se incrivelmente mais acelerados, e a mente se torna mais eficiente na resolução de problemas complexos da vida cotidiana ou mesmo espiritual. 

Vishuddhi-Chakra-2x-Deb
 
4. Fusão completa com o Eu Superior. Renúncia completa ao mundo material, caráter, reputação, status social, amigos, dinheiro e ao padrão de vida tradicional. A pessoa não deixa de atuar no mundo físico, mas está completamente desligada e desvinculada de qualquer prisão ao mundo material. A experiência da fusão com o Eu Superior é extremamente importante na caminhada da ascensão. É um dos passos fundamentais para o aprimoramento do discípulo para que possa melhor servir à humanidade, embora muito ainda tenha a adquirir, em termos de conhecimento e sabedoria, para que se torne ascenso e possa deter um conhecimento completo sobre sua própria natureza. 

 
5. A quinta iniciação pode ser considerada um estágio preliminar da ascensão. Quando a Presença Divina consegue penetrar e preencher de Luz os nossos corpos físico, emocional, mental, espiritual e átmico (fusão com o corpo átmico), tal fato pode ser simbolizado como encher plenamente uma taça com o líquido sagrado que, podemos dizer, seria o amor, poder, sabedoria, energia e Luz Divina. Quando a taça transborda deste líquido sagrado, é porque, enfim, conseguimos estabelecer na Terra um perfeito receptáculo de energias divinas e sutis. Este receptáculo, podemos dizer, é o próprio Cálice Sagrado. Nenhuma outra forma de energia que não seja amor, pode ser emanada de nossos corpos, que começam gradativamente a se transformar em Corpos de Luz. Como numa fusão, o Cálice Sagrado fundiu-se ao meu corpo, e toda a substância sagrada (luz) deste cálice unificou-se definitivamente a mim, fazendo parte de meu SER. Assim, meu próprio corpo transformou-se num Cálice Sagrado. Quando lembramos da palavra cálice, uma das referências é o cálice da flor. A libertação da consciência é semelhante ao brotar de uma flor, a flor de lótus. Podemos dizer, portanto, que o cálice é o elemento que fornece o suporte para a descida da Consciência Divina. Quando o corpo de manifestação se transforma num cálice, ele está se preparando para recepcionar a Consciência do Cristo, do Eu Eterno, que é a nossa Mônada. Esta recepção ocorre a nível consciente, no evento da sexta iniciação. Na quinta iniciação eu consegui, portanto, atingir um estado de plena perfeição sobre meus quatro corpos inferiores, bem como um excelente domínio, não ainda perfeito, sobre as Leis da Natureza existentes na quinta dimensão. Beber o líquido do Cálice Sagrado, esotericamente, significa receber segredos ocultos. Existem outros elementos iniciatórios que se precipitam na quinta iniciação, dos quais apenas o discípulo poderá ter conhecimento. Ele poderá tomar conhecimento destes elementos através de revelações, sonhos, e situações de grande intensidade energética no mundo material, como viagens a lugares específicos, o encontro com uma pessoa que poderá lhe revelar algo, ou então alguma outra forma de revelação. Preste muita atenção nisto. Esta revelação está intrinsecamente relacionada ao fator pelo qual você veio à esta encarnação. Procure descobrir se trata-se de um elemento kármico, ou se é apenas alguma chave importante que definirá qual é o seu caminho e missão a cumprir na atual existência. 

Manipura Chakra-14-Deb
 
6. A ascensão é um acontecimento maravilhoso. No mundo espiritual, acontece uma grande cerimônia com os Mestres Ascensos, onde nos encontramos rodeados por todos eles, bem como por inúmeros seres angelicais e da hoste ascensionada. E Neste outro mundo, que na verdade é um estado de consciência, os poderes da minha consciência se tornariam teoricamente ilimitados. As minhas palavras ganhariam vida e, então, nada mais seria impossível para mim. Tudo aquilo que eu dissesse, tudo aquilo que eu fizesse, seria da Vontade de Deus e se realizaria. Tudo seria perfeitamente puro, e dentro do mais perfeito princípio de amor universal.  É uma questão de aprimoramento, de canalizar da mais perfeita forma, todas as energias provenientes da mônada. Este é um processo que perdura até um certo nível antes de adentrar a sétima iniciação.
 
7. A sétima iniciação está relacionada com o contato com a sexta dimensão, a dimensão da graça divina. Neste ponto, o Ascensionado já adquiriu e tomou plena posse de todas as suas habilidades como mestre de sua própria natureza. É nesta iniciação, em estágios mais avançados, que se torna possível realizar o teletransporte, bilocação, materialização e desmaterialização de tudo aquilo que se necessita, bem como outras inúmeras faculdades. O sentimento de plenitude é total. A luz que o nosso corpo irradia é praticamente perfeita, e gradativamente começa a permear os níveis mais profundos dos corpos físico, astral, mental, espiritual, átmico e monádico, revelando assim, ao discípulo, todos os conhecimentos, talentos e habilidades provenientes de cada um destes planos de consciência, que antes estavam sendo ocultados pelo véu do maia. Uma característica importante da sétima iniciação é o reconhecimento do verdadeiro significado da graça e da bênção divina. Deste ponto em diante, o Ascensionado evoluirá somente através da graça, e não mais pelo karma. A sétima iniciação é também representada pela ressurreição – a morte definitiva da personalidade para o plano terrestre, a completa libertação da roda de reencarnações, e o renascimento para a luz eterna e infinita de Deus. A partir deste nível, a única razão pela qual a alma permanece encarnada no corpo físico, é o serviço à humanidade. Não existe mais nenhum aspecto que possa aprisionar a alma ao plano físico, e ela passa a servir exclusivamente aos planos superiores e, sobretudo, à Vontade de Deus. A sétima iniciação é a última que pode ser conseguida no plano físico. As iniciações posteriores somente podem ocorrer depois que a alma abandonar o plano físico.
ALGUMAS EXPLICAÇÕES IMPORTANTES

Svadhistana Chakra-8-Deb

Todas as iniciações são marcadas, individualmente, pela fusão com um dos corpos de manifestação. A primeira iniciação é representada pelo nascimento – ou seja, o nascimento do corpo físico. A segunda iniciação é representada pela fusão com o corpo emocional; a terceira iniciação é representada pela fusão com o corpo mental; a quarta iniciação é representada pela fusão com o corpo espiritual; a quinta iniciação é representada pela fusão com o corpo átmico; a sexta iniciação é representada pela fusão com o corpo monádico; e, por fim, a sétima iniciação é representada pela fusão com o corpo logóico. Há algumas considerações importantes que precisam ser feitas em relação a este assunto.
 
O discípulo que   atinge o terceiro grau de iniciação, está prestes a realizar a sua fusão com o corpo espiritual, ou Eu Superior. Neste nível, o iniciado começará a sentir mais profundamente a influência do Eu Superior em sua vida.    Tudo acontece de forma gradativa. Imagine que a ascensão é como subir por uma rampa lisa, ao invés de subir por uma escada com degraus. O que eu quero dizer, é que apesar de todos os sinais evidentes que você perceberá em seu processo de ascensão, nada será abrupto. Tudo será sempre gradativo, dentro de uma harmonia e um sincronismo cósmico perfeitos – pois Deus conhece o tempo correto de ascensionar para cada nível, para cada um dos seus filhos. Você não poderá, em hipótese alguma, pular etapas. Tudo aquilo que você precisa trabalhar, em termos de consciência, você o fará durante o tempo que for necessário para sua individualidade específica. Jamais pense que, somente por ter eliminado uma boa quantidade de egoísmo e negatividade, você terá galgado uma iniciação elevada. Isto é importante, porém, procure reconhecer com humildade qual é o seu verdadeiro nível, e procure trabalhar conforme as suas necessidades atuais. A força-motriz da ascensão é o desejo de libertação que habita o seu interior.  A pressa para ascensionar é uma das maiores ilusões das quais você precisa se conscientizar. Não é a pressa – num sentido de tempo – que o fará ascensionar mais rapidamente, pois para o seu referencial original, que é a sua mônada, o tempo não existe. Tempo é apenas sinônimo de resgate consciencial. Somente ao resgatar a sua própria consciência, é que você terá, enfim, eliminado o conceito de tempo, e então atingirá as suas metas. Busque realizar aquilo que você tem em mente, não importa o que você esteja pensando. Se você tiver de errar, erre; se você tiver de iludir-se, iluda-se; não tenha medo de viver as suas experiências. O mais importante é que você aprenda com estas experiências. Sem elas, você não poderá ascensionar. Nenhuma experiência que você já tenha tido, ou que ainda venha a ter nesta existência, é em vão – você não terá mais experiências do que o necessário para assimilar as lições de que precisa para evoluir. Tudo aquilo que você criou ou fez no passado, está agora retornando para sua consciência, para que você se harmonize novamente com suas próprias escolhas. Procure conscientizar-se disto. Etapas não podem ser puladas, mas sim, vivenciadas e experimentadas em todos os seus níveis. Esta é a única condição que tornará possível prosseguir pelas iniciações. 

Anahata Chakra-7-Deb

A sétima iniciação é bastante marcada como um estágio em que as forças do Céu reinam sobre as forças da Terra. O contato com o plano logóico de manifestação, ou seja, a fusão com o Logos Planetário (cujo regente é Sanat Kumara), e também o início da fusão com a sexta dimensão, são realmente fatos muito importantes na caminhada de um discípulo. A sexta dimensão é a chamada dimensão da graça. Afinal, o que vem a ser a graça? A graça é a energia do milagre, é a pura luz divina. Deixar fluir esta graça pelo veículo físico, em sua totalidade, é o nosso grande desafio e meta. Constantemente estamos recebendo a graça divina do Pai, de Deus, da Criação – porém, muito raramente conseguimos percebê-la atuando em nossas vidas. Percebemos através de momentos, pois a visão humana é fragmentada, submissa a conceitos de tempo e espaço, portanto separada e dividida em relação à unidade, ao todo que é UM. A graça é o meio pelo qual todos os seres humanos deveriam normalmente evoluir, evitando, assim, a necessidade de reencarnação. Evoluir por intermédio da graça, significa evoluir sem sofrimento. Talvez por muito tempo você tenha pensado que a evolução só se dá com o sofrimento. Isto não é verdade. Evoluir através da graça, significa simplesmente ir assimilando cada vez mais a Vontade do Pai, do Deus Criador, através do trabalho para a luz, para o conhecimento e pela passagem pelas grandes iniciações cósmicas do universo, pois as iniciações e a evolução continuam nos planos universais após abandonarmos o plano físico. Simplesmente, vamos aprendendo e adquirindo amor e sabedoria através de nossas vivências. A evolução pela graça também pode ser chamada de evolução dhármica. Encarnar no plano físico nestas condições, é um fato raro e só pode mesmo acontecer se um ser espiritual decide ajudar a humanidade. Ele desce para a densidade física, portanto, voluntariamente. Ele não precisa reencarnar, e originariamente não possui esta necessidade, embora possa adquirí-la caso venha a cometer infrações contra as Leis Universais. Ainda em relação à graça, é devido à ela que podemos realizar aquilo que chamam os seres humanos de "milagre". O milagre é na verdade algo comum, quando se tem o pleno conhecimento do poder da graça vinda do Pai, do nosso Deus Criador. Nossa vontade determinada, consciente e amorosa em comunhão com a graça divina que flui de Deus para todos os nossos corpos inferiores, acaba por realizar todos os milagres que desejarmos que aconteçam. Grandes avatares como Sathya Sai Baba, entre outros, realizam estes milagres a que estou me referindo. Para se dominar completamente a "técnica" destes milagres, é preciso deter a ciência dos princípios da formação destes milagres. É devido a este fato que poucos em nosso planeta estão, de fato, habilitados a utilizar estes recursos ascensionais avançados. Um avatar é um ser que naturalmente, sem fazer esforço algum, simplesmente compreende estes princípios, pois devido à sua grande força e bagagem espiritual, ele está aquém dos níveis densos e inferiores da matéria, e naturalmente mais conectado e aproximado dos planos superiores da graça e do poder divino.

A maior conquista que atingimos na sétima iniciação, é a plena realização divina e a conseqüente predominância das forças do Céu sobre as forças da Terra. Estaremos, enfim, completamente livres das ilusões a que estávamos presos anteriormente, podendo realizar na Terra, mais facilmente e de forma consciente, o Plano Divino.

 

 

 


Today, there have been 2 visitors (18 hits) on this page!
TRIX STUDIOS


=> Do you also want a homepage for free? Then click here! <=