TRIX STUDIOS

É A LEI
CONVENIÊNCIA
Sananda
Muitas Moradas
Espaço
Crianças
Portal 11:11
NATUREZA
Guestbook
Contact
MEDO
NASCIMENTO
Luz
ASCENSÃO
HILARION
PORTAL 12:12
A PROFECIA HOPI
FENG SHUI
UM CURSO EM MILAGRES
MÃE MARIA
ASHTAR SHERAN
SILÊNCIO
RESSUREIÇÃO
NÃO EXISTE...
MESTRE KUTHUMI
PLENITUDE
MESTRE JESUS
OS KAHUNAS
LIBERDADE
DESAFIOS
INVOCAÇÕES
DIVALDO P. FRANCO
HERMÓGENES
FARDOS
SIRIUS 23
REGISTROS AKASHICOS
PRECONCEITO
VIAGEM INTERIOR
EMOCIONAL
ARCO-ÍRIS
ASHTAR ATHENA
O VAZIO
SEKHMET
ALQUIMIA
SUSTENTO
ANIMAIS DE PODER
SOMOS INVISÍVEIS?
AMOR INCONDICIONAL
RETORNANDO À UNIDADE
OS OUTROS
BOMBA BIÓTICA

ENTREVISTA COM O PROFESSOR HERMÓGENES
www.acessa.com

 Professor Hermógenes O mestre da yoga no Brasil fala sobre sua mudança radical de vida e da urgência do homem moderno sair da normalidade

"Deus me livre de ser normal". É assim que o precursor da yoga no Brasil encara a vida. José Hermógenes de Andrade Filho, chamado de Professor Hermógenes, conheceu a filosofia oriental aos 35 anos. "Precisava de algo transcendental, que me tirasse da normalidade", recorda.

O resultado dessa opção, em uma época em que não se falava de yoga no Brasil, está em uma academia, no Rio de Janeiro, e uma série de livros traduzidos em diversas línguas. Seu maior sucesso editorial, "Auto perfeição com Hatha Yoga", foi o primeiro manual da filosofia publicado em língua portuguesa.

O yogue também viajou pela Índia, Argentina e Portugal para proferir palestras e cursos. Em 1977, o professor recebeu reconhecimento internacional com o "Diploma d'Onore", em Milão, durante o Congresso de Parapsicologia, Psicotrônica e Psiquiatria.

Aos 86 anos, Hermógenes esbanja vitalidade, sabedoria e bom-humor. Tudo isso, segundo ele, "graças à tuberculose", que levou-o a uma transformação profunda, através da yoga. Com sua energia interior, ele garante que tem tempo para a prática de caminhada, encontros com os amigos e até aulas de yoga semanalmente.

Em sua lista de projetos, o professor destaca a reedição de algumas de suas obras e promete: "Vão sair em uma edição lindíssima". Além do trabalho literário, o yogue investe em um projeto ainda maior: "Minha missão é bater na porta e dizer: desperta-te", define. Confira a entrevista com o professor Hermógenes.

ACESSA.com: Como foi o seu primeiro contato com a Yoga?
Professor Hermógenes - Eu tinha 35 anos e era professor do Colégio Militar. A partir de um diagnóstico de tuberculose, procurei mudar minha conduta de vida. A notícia de que eu estava gravemente mal de saúde não me abalou muito. Quando sai do hospital, procurei uma forma de curar outra doença: a espiritual. Encontrei um livro de Yoga na livraria e comecei a praticar sozinho, escondido, sem que ninguém soubesse. Vi que Deus tinha sido misericordioso quando me escolheu para ter tuberculose. Senti uma transformação muito grande e profunda em minha vida. 

ACESSA.com: Quando foi que o Sr. se sentiu inspirado a escrever sobre o assunto?
Professor Hermógenes - Como a mudança foi muito profunda, senti obrigação de transmitir essa filosofia a outras pessoas. Naquela época, ninguém sabia de yoga no Brasil. Quando terminei meu primeiro livro "Autoperfeição com Hatha Yoga" é que fui ter contato com Caio Miranda, que também é yogue. Portanto, não fui influenciado. Segui minha intuição.

ACESSA.com: O Sr. acredita que o caminho para a felicidade pode ser traçado pela intuição?
Professor Hermógenes - A intuição é uma conseqüência daquilo que você oferece. Estamos de costas para o ser, a verdade, a eternidade, o amor, a gratidão e a saúde. Quando o ser humano vê a possibilidade de sair desse caminho, segue a intuição e deixa esses hábitos. Eu, por exemplo, vivia de forma desregrada, comia carnes, tomava bebida alcoólica e deixei tudo isso para uma vida transcendental.

ACESSA.com: O Sr. criou a denominação para a doença "normose". O que seria isso?
Professor Hermógenes - É a doença de ser normal. Trato do assunto com maior clareza no DVD "Deus me livre de ser normal". Seria fugir da mediocridade que, hoje, é onipresente no mundo. Se curar desse mal implica em ser liberto, iluminado, ser um com Deus, ser livre.

 ACESSA.com: Mas como sair da normalidade diante de um mundo que nos aprisiona no trabalho, nos modismos e no capital?
Professor Hermógenes - O iludido vai ter que sofrer. Ele só vai despertar da dor. Eu era um "normôdico", comia e bebia sem rigor, mas a tuberculose me levou ao sofrimento. Senti necessidade de algo transcendente e não de mediocridade.

ACESSA.com: A depressão, a insônia e o stress se transformaram em vilões do mundo moderno. Em qualquer idade, é possível conseguir a libertação?
Professor Hermógenes - Sim. O Yoga tem conceitos refinados de espiritualidade. Foi pensando nesses vilões que escrevi "Yoga para nervosos". Ele tem mostrado soluções para muita gente com essas doenças. Tenho um livro de poemas com evidente poder terapêutico. 

ACESSA.com: O que o Sr. propõe é uma revolução?
Professor Hermógenes - Sim. Ela vai acontecer e já está em andamento. A humanidade com toda a estupidez que vive ainda irá sofrer bastante. Criei uma religião, a igreja universal do ilusionismo (risos). A ilusão seria todos os seres humanos que deixam predominar a ignorância. Vivemos na suposição de que "falou fulano de tal". Mas precisamos entender que não somos um, somos o todo. O egoísmo predomina. Ainda estou iludido, supondo que eu seja Hermógenes, estou nesse corpo como um. Eu sou eterno, sou divino, assim como todos os seres humanos.

ACESSA.com: Como podemos sair dessa ilusão?
Professor Hermógenes - A Yoga tem todas essas respostas.

ACESSA.com: Com qual freqüência devemos praticá-la? Quais os hábitos devemos adotar?
Professor Hermógenes - Quando estou falando com você, estou praticando Yoga no sentido espiritual. Ao sentar, ao me divertir, ao perdoar e em qualquer momento do dia ou da noite a Yoga deve fazer parte da nossa vida.

ACESSA.com: Como difundir essa mensagem entre os jovens que cada vez mais estão seduzidos por atrativos superficiais?
Professor Hermógenes - É necessária a reflexão. Peço para que reflitam um pouco sobre o caminho errado que estão seguindo e mudem o rumo de sua busca. Os jovens precisam aprender a amar, mas amar holisticamente, totalmente. Não é se contentar com a bagunça erótica. Cultivem a liberdade e também a retidão. Ajudem sempre e não agridam nunca. Estudem a literatura de Sai Baba.

Desenvolvido por VirtuaComm Soluções internet

Today, there have been 5 visitors (51 hits) on this page!
TRIX STUDIOS


=> Do you also want a homepage for free? Then click here! <=